JEC anuncia medidas para diminuir déficit financeiro

O Joinville realizou, na manhã desta segunda-feira (4), uma transmissão ao vivo no Facebook para esclarecer as últimas ações do clube em meio à pandemia do novo coronavírus. Entre as principais medidas para diminuir o déficit financeiro, estão a redução do salário de parte dos atletas profissionais e comissão técnica, além do desligamentos funcionários de outras áreas do clube.

O clube anunciou que não houve a renovação dos contratos com com os laterais Lucas Sena e Gustavo, o zagueiro Campestrini e o volante Ramirez. Os goleiros Dalberson e Ivan e o volante Braga foram os três atletas que tiveram os vínculos estendidos até o final do ano.

Enquanto o futebol profissional tenta retornar aos treinamentos, a situação das categorias de base é diferente. No momento, não há previsão de volta das atividades das categorias menores. Por isso, Pedro Medeiros e Juliano Juari, técnicos do time Sub-20 e Sub-17, respectivamente, foram desligados do clube. Outros setores do clube, como área administrativa, também tiveram saídas de profissionais.

Na nova estrutura para as categorias, o técnico Elizeu Ferreira, que estava no comando técnico do Sub-14, vai liderar os treinamentos dos times Sub-15 e Sub-17 após o retorno do grupo de jogadores. Os atletas do Sub-20, por sua vez, serão integrados à equipe profissional comandada por Fabinho Santos.

No futebol profissional, que ainda não tem data definida para retorno aos treinos, comissão técnica e jogadores que recebem acima de R$ 3 mil tiveram os salários reduzidos em 25%. Segundo o diretor geral Luís Carlos Guedes, o valor da folha salarial e encargos do clube sofrerá redução total de 30% – passando para cerca de R$ 240 mil mensais.

Veja a transmissão completa abaixo:

https://www.facebook.com/JECoficial/videos/234713017592190/?epa=SEARCH_BOX

Deixe um comentário